domingo, 27 de junho de 2010

Uma conversa com Jacob e MiB

O site Buzzine publicou duas entrevistas, com os atores Mark Pellegrino (Jacob) e Titus Welliver (MiB). Os vídeos estão em Inglês, e como eu não sei colocar legendas, fiz um resumo de cada conversa pra quem não conseguir acompanhar o original.



Pellegrino diz que já está com saudades do papel, porque era como se tivesse ganhado uma nova família – com a equipe e com os fãs da série. Ele amou o final e chorou como um bebê durante 85% dele – especialmente nos momentos em que os personagens se encontravam e lembravam-se de suas vidas.
Seu momento favorito na série foi quando pode interagir com os personagens principais, colocando as cartas na mesa e dizendo o caminho que eles tinham que seguir, e também da transferência do cargo para Jack.
Ele diz que no começo não sabia nada sobre o personagem. Quando pegou o roteiro para os testes, o nome do seu personagem era JASON, e o do interlocutor era SAMUEL. No entanto, sua mulher, que acompanhava Lost (Mark diz que ele próprio não assistia à série antes de trabalhar nela), suspeitou que pudesse se tratar de Jacob. A suspeita só se confirmou quando ele chegou ao Havaí.
Sobre o impacto da série, o ator diz que provavelmente a TV não será mais a mesma, pois foi elevada a um novo patamar depois de uma narrativa que uniu tantos gêneros (sci-fi, mistério, drama, romance, ação, aventura) conectando os personagens de maneira tão íntima.
Perguntado sobre qual personagem ele prefere, entre Jacob e Lúcifer (em Supernatural), ele disse que prefere viver vilões, pois são mais divertidos.




Titus começa dizendo que o que está feito, está feito, e que não haverá nenhum tipo de continuação ou filme, mas que ele sente muita falta do personagem. Para ele foi uma experiência diferente de todas as outras que teve antes em sua carreira, por ter envolvido tamanha intensidade num período tão curto de tempo. 
Entre outras coisas, o ator conta que quando aceitou o papel, Elizabeth Sarnoff (roteirista e produtora da série) disse que o personagem estava além do que ele pudesse compreender naquele momento.
Para ele, embora não soubéssemos qual era a ligação entre Jacob e MiB, a cena na praia resumiu de maneira muito clara a relação que eles tinham – um cínico e outro com uma fé interminável na humanidade.
Sobre o Man in Black, na opinião do ator, o fato de não ter um nome deu mais veracidade ao desencantamento dele com o mundo. Titus disse que havia uma motivação para toda aquela fúria. Seus ataques não pareciam ser aleatórios. No fundo, ele era apenas um ser humano que queria sair daquele lugar, encontrar seus semelhantes e viver uma vida normal. Para o ator, trata-se de um personagem extremamente trágico, mas não mau.
Ele ainda conclui dizendo-se abençoado por ser parte de algo que vai sobreviver ao tempo. Welliver diz que vai ser muito divertido quando ele tiver 80 anos e as pessoas assistirem, dizendo: “Uau, você era o MiB?” – “Sim, eu era”.

Fonte: SL-Lost

Beijos a todos,

Ju Teixeira

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats