domingo, 2 de março de 2008

Detalhes de "The Constant"

** ATUALIZADO **

Quando eu disse nos comentários que tivemos um episódio recheado de easter-eggs, não estava brincando. "The Constant" nos brindou com vários momentos que nos levam a vários momentos que podem ser encarados como respostas ou pelo menos uma grande introdução a elas.

Se você não leu os comentários do episódio, eles estão no post após esse.

Os detalhes...

- O "portal" de acesso: vimos, então, como é o acesso à Ilha. Conhecemos uma coordenada no painel do helicóptero, mas que era diferente da coordenada dada por Ben para Michael. Mas isso não teria algo relacionado as alterações do Norte Magnético que Sayid já havia reparado algo estranho!?
Outra coisa que vimos é que uma tempestade parece ser necessária para encontrar a Ilha...


- "Olhe para o Norte": coincidência ou não, o cajado de Eko trazia uma referência à João 3:05 na Bíblia, o que já na época do episódio os fãs falavam que seria mesmo uma direção importante. "305" é a direção que Faraday passa para Lapidus sair da Ilha, diferentemente da "325" que Michael recebe de Ben... (agradecimentos à Dani Mística)


- O cargueiro: finalmente vimos o cargueiro. Mas não consegui caçar nada que nos desse uma pista sobre quem são eles, mas mantenho minha hipótese de que estão ali pela DHARMA.


- Faraday conhece a Ilha: a forma como Faraday diz a Charlotte que eles devem contar aos sobreviventes o que está acontecendo mostra um certo conhecimento muito bom sobre a Ilha, pelo menos por esses dois personagens. Isso, acredito eu, reforça a hipótese de que eles pertencem à DHARMA e são uma nova expedição de retomada da Ilha. A última foi a equipe de Danielle Rousseau...

- O "Diário do Black Rock": agora vimos como a busca pela Ilha começou. Charles Widmore comprando o "Diário do Black Rock" em um leilão foi demais! Bom, ainda sigo com a idéia de que Widmore é quem financia Ben. Mas ele está envolvido com a DHARMA também...


- Faraday no "Queens College Department of Physics"" (FIND 815): no jogo "FIND 815" vimos uma pista sobre o "Queens College", era uma caixa. Essa caixa já vimos antes também na série, no episódio "Confirmed Dead", aquela com as máscaras e sacos marcados com o símbolo de biohazard.
Outra pista que vimos no "FIND 815" foi o endereço de Penny...


- O experimento com Eloise: alguém se lembrou de outro momento quando viu o experimento de Faraday!? Claro, a implosão da SWAN quando o céu ficou violeta e deu origem ao que vemos agora acontecendo com Desmond.
Além disso, Faraday não usa um capacete como perguntou Desmond e isso pode ser a causa de seus problemas de memória...


- A diferença de tempo: Sayid comenta como pode eles decolarem da Ilha ao anoitecer e chegar no meio do dia ao cargueiro. Bom, então a Ilha está no mesmo dia que o resto do mundo, mas assim como o foguete chegou em um tempo diferente do que era esperado. O foguete que veio do cargueiro para a Ilha atrasou 31 minutos, mas o helicóptero que saiu da Ilha e foi para o cargueiro chegou adiantando em relação ao horário de partida. Isso, eu já comentei no podcast também, se deve a velocidade do objeto que se desloca e a velocidade do ambiente (Ilha e fora dela)...


- Minkowski e a "doença": conhecemos mais esse personagem, que já foi. Espero que o vejamos novamente, pelo menos em flashback. Mas vimos que ele e seu amigo, Brandon, estavam passando pelo mesmo que Desmond, pelo menos é o que pareceu, só pelo fato de terem se aproximado da Ilha. Mas, ele pode estar enganado e termos visto o que seria a tal "doença" que Danielle Rousseau diz ter afetado todos de sua equipe, menos ela.


- O caderno de Faraday: já que sabia que não se lembraria do encontro com Desmond, Faraday anotou em seu caderno algo que o fizesse saber que isso tinha acontecido. Serve também de pista caso algo saia do controle e aconteça o mesmo com ele agora. A lembrança não existirá mesmo, pois isso teria alterado o presente em que estamos...


- Quem será o "amigo" deles no cargueiro: quem abriu a porta da enfermaria!? provavelmente foi o informante de Ben.


- NUMBERS: eles se espalhavam pelo episódio. No leilão, os dados de Faraday, a casa de Penny...


- Uma mancha suspeita: nessa cena vemos uma mancha na parede que parece ser de sangue. Será mesmo e de quem seria!? (Marina Andrade)


************************

Bom, esses foram os detalhes que achei mais interessantes. Mas claro, assim que rever o episódio e encontrar algo a mais acrescento aqui. E vocês também podem deixar outros detalhes nos comentários...

E na Terça-feira tem Podcast Teorias LOST sobre o FANTÁSTICO "The Constant"...

Grande abraço e namastê!

Leco Leite & Marina Andrade

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats