sexta-feira, 23 de abril de 2010

Desmond é o novo Jacob?

Com essa história toda de Candidatos na Ilha, os pretendentes a substitutos de Jacob, acabamos nos perguntando: "mas que raio de função é essa que Jacob exerce?". Não sabemos ainda ao certo se ele era o protetor da Ilha ou qualquer coisa do tipo. O que sabemos é que fora da Ilha ele manipulava a vida das pessoas afim de levá-las até a Ilha pra que cumprissem "seu destino".



Como bem lembrou o Leco no post de Detalhes, quando assistíamos a primeira temporada de LOST, cada encontro dos personagens fora da Ilha nos causava um furor, não é mesmo? Um dos primeiros questionamentos da série foi exatamente se eram apenas coincidências ou algo mais. E essa dúvida não era só nossa não. Os próprios personagens começavam a questionar as circunstâncias que os trouxeram até ali. Hurley chegou a achar que tudo aquilo não passava de uma alucinação, que nada era real... já Locke, no final da primeira temporada perguntava: "Vocês acham que nós caímos nesse lugar por coincidência?"
E foi o saudoso Mr. Eko quem deu a dica: "não confunda coincidência com destino!" [What Kate Did].

Pois é... realmente não era apenas acaso. A verdade é que todas as coincidências improváveis eram consequências das ações de Jacob. Atitudes que alteraram o rumo de cada personagem.

E onde entra Desmond nisso?
Não é de hoje que sabemos que ele é importante, especial. A pergunta sempre foi: "Por que?"
- Porque ele viaja no tempo; talvez...
- Porque é o único que não é afetado por uma descarga eletromagnética; pode ser.
- Porque era ele quem deixaria de apertar o botão na Escotilha que causaria a queda do 815; também, também...

Mas mais do que isso, ele parece ser peça fundamental em todo o esquema por um detalhe que Mrs. Hawking lhe passou: "O universo sempre arruma um jeito de consertar as coisas".

Percebam que naquele momento, Eloise queria convencer um Desmond relutante, com medo. Queria que ele soubesse de sua importância. Queria que ele aceitasse seu destino e agisse - sabemos que isso culminaria na sua chegada até a Ilha e o todo o resto.

Já nos flashsideway ela quer exatamente o contrário: "seja lá o que for isso que você está procurando, PARE!". Essa "violação" como ela mesma diz por algum motivo não deve acontecer. Só que agora quem quer agir é o brotha. Não seria então essa a grande missão dele? Ser o responsável por reunir os candidatos? Seja levando até a Ilha ou mesmo fazendo com que percebam quem realmente são fora dela? Não importa qual a realidade em que eles estejam, Desmond é sempre o elo entre os personagens. Se antes ele fazia isso até mesmo sem saber, meio sem querer, agora ele toma as rédeas da situação e passa a mexer com a cabeça de cada um e manipular as suas decisões, abalando drasticamente a estrutura dessa realidade e provavelmente religando ela a linha temporal que conhecemos.
Assim como Jacob, seu encontro com os candidatos faz com o que os rumos mudem, comecem a convergir e passem a fazer sentido para um propósito maior.

Ainda restou uma pergunta: Jacob está morto na Ilha. Okey. Mas e fora dela? No flashsideway? Há outra versão de Jacob também? E de seu inimigo?

E vocês, o que acham disso tudo?


Abraços e tá chegando o fim. =/

Alison do Vale
@menino_magro

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats