quinta-feira, 5 de março de 2009

Detalhes de "LaFleur"

Um episódio que abre uma nova "fase" nessa 5ª Temporada de Lost, "LaFleur" nos trouxe um Sawyer mais maduro, líder da segurança na Dharma e "apaixonado" por Juliet.

Vamos aos detalhes:

- "A estátua": Logo no início do episódio podemos ver a estátua de 4 dedos interia!
Após ver os "cabelos" da estátua, pensei ser uma mulher, porém a estátua se parece mais com o Anúbis, antigo Deus egípcio da morte e dos moribundos, era quem guiava a alma dos mortos do "Além" (Esse detalhe foi comentado pelo Glauco no post do episódio).
No episódio passado "The Life and Death of Jeremy Bentham", Hurley desenhava uma esfinge antes de Locke chegar para conversar com ele, mais uma relação com a cultura egípcia, além dos Hieróglifos que já vimos em vários lugares na série.
Porém o detalhe mais bacana disso tudo é o que podemos ver no desenho do Deus Anúbis, em sua mão ele segura o amuleto "Ankh" que na escrita hieroglífica egípcia significa o símbolo da vida, e era muito utilizado pelo povo egípcio para indicar a vida após a morte, além disso era um amuleto usado por Paul marido morto de Amy.


- "Funcionários da Dharma": Conhecemos mais três pessoas que trabalhavam na Dharma, Jerry, Phil e Rosie (nessa ordem nas imagens abaixo), claro que não devem ter nenhuma grande impotância, mas é sempre legal ver rostos "novos" na série, ainda mais pessoas da Dharma.


- Não é a estação PEARL: tenho visto alguns comentários sobre a estação onde estavam Jerry e Phill ser a estação PÉROLA. Mas não é a mesma estação. Além da grande diferença entre os painéis com os monitores, essa estação tem uma porta de acesso no fundo, coisa que não existia na PEARL...


- "Novos logos": Além do logo que já tínhamos visto no macacão de Jin na cena final do episódio passado, conhecemos o logo dos macacões dos mecânicos da Dharma.

Créditos das imagens do Lostpedia

- "Horace": Legal rever Horace Godspeed e descobrímos que ele era uma espécie de líder na Dharma, sua cena explodindo árvores com dinamites foi hilária...


- "Amy": Após ter seu marido Paul morto por dois hostis e ter sido salva por Sawyer, Amy acaba engravidando de Horace.
No episódio "The Man Behind The Curtain" a esposa de Horace que conhecemos se chama Olivia, o que será que aconteceu com Amy?


- "Cerca Sônica": Mais uma vez vimos a cerca em funcionamento e assim como aconteceu com Mikail, os losties não sofreram nada de grave...


- "Gravidez de Amy": Ao que tudo indica ainda não tínhamos problemas na gravidez nos anos 70, o interno diz que "nossas moças sempre dão à luz na Ilha principal...", o que será que ocorreu para começarem os problemas com as grávidas?
Juliet consegue fazer o parto, então fica explicado porque Alpert foi recrutar Juliet, certo?


- "Charlotte criança?": Quando Ben diz que tem um informante no cargueiro na 4ª temporada, ele diz a ficha completa de Charlotte Lewis e de acordo com isso ela teria nascido em 2 de Julho de 1979. Sawyer diz à Juliet que eles estão em 1974, então nos resta três opções: Ben mentiu, aquele garotinha ruiva não era Charlotte e foi apenas um momento de "loucura" de Faraday ou temos aí um erro grave da produção...


- "O acordo": Ao que parece havia um acordo ou uma trégua entre os hostis e o pessoal da Dharma, Alpert ainda diz que a cerca sônica por manter algumas coisas longe, mas não os hostis...
Então pra mim fica claro que a cerca realmente foi criada pra proteção do Lostzilla, sendo assim podemos descartar a Dharma como "criadora" do monstro de fumaça.
A trégua seria pra esperar Ben estar "pronto" pra purgação?


- "Sawyer e Alpert": Legal a conversa entre os dois com Sawyer citando da bomba Jughead e de Locke...


- "Juliet e Sawyer": O novo casal do momento!
Rolou até um "Eu te amo" de ambos os lados e Sawyer disse que três anos é sim tempo suficiente para esquecer alguém, no caso Kate, será que ele realmente esqueceu?


- Sawyer não para de ler nunca: Impressionante como o cara sempre está lendo algo. Nesse episódio ele aparece lendo um livro enquanto espera Horace acordar, e depois vemos um livro diferente ao lado da cama dele...


- " O reencontro": O reencontro de Hurley, Jack e Kate com Sawyer foi a cena final do episódio. Mesmo sem sequer um diálogo a cena foi realmente muito boa, com detalhe pro sorriso de Jack ao ver Sawyer e a cara de "sem graça" de Kate :P .


Foi um episódio que a maioria das pessoas gostaram, não por ser um episódio bombástico, revelador, cheio de respostas ou mesmo cheio de ação e suspense, e sim por ser um episódio centrado em um ótimo personagem e um episódio com grandes atuações, acima de tudo.

Fiquem ligados no blog, nos próximos dias teremos o podcast de "LaFleur", acompanhado do podcast da semana passada que ficamos devendo.

Grande abraço e Namastê!

Mario Toshio

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats