quarta-feira, 18 de março de 2009

509 - "Namastê"

Começo a acreditar que os que voltaram para Ilha tinham mesmo que voltar, mas não por ser o "destino" deles, sim porque precisam estar lá em 1977 e participar de algum evento que conhecemos e que tem consequências no futuro que já vimos.
Sawyer, Juliet, Miles, Jin e o sumido Faraday tinham que ficar na Ilha, pois só assim Jack, Kate, Hurley poderiam ser "infiltrados" na DHARMA. E Sayid ficaria em segurança. Agora entramos em um momento de espera para descobrir qual a participação e/ou envolvimento de todos eles na história da DHARMA INTIATIVE e da Ilha, para entender alguns acontecimentos futuros que já conhecemos.

Na verdade, o "jogo" segue e as peças estão sendo colocadas em suas posições. A pergunta do momento é sobre quem são realmente os jogadores e como eles sabem tanto sobre o esse "jogo de tempo".

Mais uma vez estamos vendo os losties construindo seu futuro, seu destino. Plantando alguns problemas que enfrentaram e que, talvez, enfrentarão novamente...

Acho que Jack nunca tomou uma lição tão bem dada na vida como tomou de Sawyer. Mas diga lá, o cara nem bem voltou e já quer mandar? Se tem um plano, diga, não fique cobrando algo. Sawyer foi muito bem, lendo e pensando em como manter todos seguros. Não agindo e causando a morte de várias pessoas... Essa foi perfeita!

Por isso... Jack e Kate me parecem "perigosos" no momento. Jack com sua arrogância e Kate com sua (aparente) impaciência podem dar trabalho para Sawyer. E já fica claro que as disputas amorosas devem continuar. Mas tudo bem...

Conhecemos, pessoalmente, Radzinski! Ex-parceiro de Kelvin Inman na SWAN, autor do mapa na blastdoor e agora o responsável pela maquete que vemos no vídeo "Orientation" da SWAN. Será interessante acompanhar a trajetória do personagem e ver se realmente acaba como Kelvin contou, com Radzinski se matando.

Daniel Faraday está por aí. Não deu para entender muito bem se Sawyer sabe ou não onde Faraday se meteu, mas acho que não sabe. Mas é provável que ele não esteja na Vila, certo!? Isso é mais uma coisa que ficamos na expectativa de descobrir, por onde andou Faraday...

As cenas de abertura e encerramento foram incríveis. Uma pela ação, outra pela tensão. Lapidus realmente é "O" piloto! E depois, no final, ver Sayid conhecendo Ben foi demais!!!

A cena da aparição de Christian trouxe algumas curiosidades. Primeiro porque Sun e Lapidus estavam no mesmo local onde a DHARMA recebia seus recrutas. Segundo porque ouvimos o Monstro nas árvores e sussurros antes da aparição de Christian. Dessa vez, acho que o Monstro tem relação com o pai de Jack "falo-por-Jacob"...

Alguns pontos soltos...
- O filho de Amy é Ethan!! Eu achei interessante a reação de Juliet ao descobrir o nome. Já pensou se fosse o Goodwin!?
- Radzinski é completamente paranóico...
- Phil parece meio desconfiado que alguma coisa está estranha...
- Alguém viu o Locke?
- Pierre Chang ainda tem o braço esquerdo. Ainda...
- "Nama... O que!?" Hurley é demais!
- A postura de Michael Emerson como Ben é algo a ser admirado!

Bom, acho que é isso. A gente sempre esquece de algo, mas vou participando com vocês nos comentários depois. Sou apaixonado por essa coisa de viagem no tempo, ainda mais da forma como vem sendo feita em LOST. Saber que muita coisa aconteceu, querer saber como aconteceu, e depois descobrir que os personagens que adoramos podem ter sido responsáveis por muita coisa que tiveram que enfrentar depois é excelente...

Participem nos comentários, votem na enquete! E nos próximos dias tem aquele super post dos Detalhes, tem nosso Podcast, escolha da Melhor Cena e muito mais aqui no Teorias LOST!



Grande abraço e NAMASTÊ!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats