segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Outras visões de "The Little Prince"!

Um episódio que dividiu opiniões, "The Little Prince" parece já começar a preparar terreno para respostas maiores...

Então vamos ver o que comentaram sobre o episódio em outros blogs e sites...
""A dor me trouxe até aqui..."
A frase de Locke serve para dar o tom do episódio...

A dor o levou a ser o novo "líder" do others e da Ilha, despertou dentro dele o desejo de permanecer naquele local, até então desconhecido pra ele, mas que nada mais era do que o seu verdadeiro "lar"...

É a dor também que leva os Oceanic Six a se reunirem, menos Hurley na mesma cena, para Jack a dor da mentira, a dor de ter deixado os outros para trás..."

Mario Toshio, Teorias LOST Orkut


"Deveria estar acostumada a essa altura do campeonato, mas mais uma vez Lost me surpreendeu. Preparada psicologicamente para um episódio morno centrado em Kate e Aaron, fui pega despreparada pelo turbilhão de emoções que nos foi apresentado e fiquei gritando na frente do computador como se fosse a final da Copa do Mundo. Enquanto assistia a “The Little Prince”, já pensava no texto que escreveria aqui: eu ia dizer que era mais um episódio onde os Oceanic 6 se reunem em Los Angeles, e o pessoal da ilha continua zanzando. Mas foi muito mais que isso, e tivemos um retorno previsível, além de outro completamente surpreendente. E aos 45 do segundo tempo um episódio mediano de Lost se tornou um daqueles clássicos do qual iremos falar e lembrar por muito tempo, como foi “Walkabout”, por exemplo."

Gisele Ramos, Blog NaTV


"Antes de começar esse texto, preciso confessar que infelizmente esse formato de Lost não está funcionando pra mim. Suspeitava que seria difícil que deixassem coesa a história entre os Oceanic Six tentando voltar à Ilha e os outros sobreviventes indo e vindo no tempo. A maior prova disso é como nesse episódio tentaram manter a ligação do triângulo mais frustrante da televisão. As cenas de Kate ao lado de Jack sempre foram o ponto mais fraco de Lost na minha opinião, uma tentativa de envolver dois protagonistas que não tem química alguma, mas inserir Sawyer para rever a cena do parto de Claire ultrapassou todos os limites do desnecessário. Nem com essa diferença de três anos dão uma folga para nossa paciência."

Eric Fuzii, Comentários em Série


"Lost é a única série que consegue se reinventar a cada temporada sem nunca perder sua complexidade e qualidade. Desde o primeiro ano, os fãs desejam um flashback que mostrasse mais sobre o passado de Danielle Rousseau e o que, de fato, aconteceu com sua equipe. As chances disso ocorrer pareceram acabar quando a personagem foi morta na última temporada, porém a nova estrutura narrativa e o caminho que a trama está seguindo podem permitir que a história de um dos personagens mais misteriosos seja finalmente explorada, além de revivermos momentos marcantes das temporadas passadas sob uma nova ótica."

Hélcio Moreira, TV em Série

Grande abraço e namastê!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats