sexta-feira, 9 de maio de 2008

411 - "Cabin Fever"


Não importa agora mais quem é Richard Alpert ou Matthew Abaddon. O que irá responder a maior parte dos segredos é "o que é a Ilha"!!
Tudo bem, nada de novo em dizer que a Ilha é um mistério, mas na verdade imagino que ela tenha uma importância maior do que apenas curar, como eu já disse.

O episódio foi... John Locke. O destino de um prematuro, abandonado pela mãe e procurado por pessoas que estariam presentes em seu futuro. Alpert e Abbadon provavelmente serão classificados como "viajantes do tempo", mas isso seria até certo ponto evidente e simples demais. A "indicação" de Abaddon para que Locke fizesse um "Walkabout" (4º episódio da 1º temporada onde Locke é impedido de viajar com um grupo para explorar florestas no Outback australiano e acaba entrando no Oceanic 815) é, no mínimo, estranha para partir de uma pessoa "normal". O fato de Abaddon dizer que já fez seu próprio "walkabout" me faz acreditar que ele já esteve na Ilha.

Saiba o que é a Ilha e entenderá LOST...

Locke é o "escolhido", seu destino o levou até ali e ele acredita nisso. Ben parece entregar o "destino da Ilha" nas mãos dele ao dizer as coisas ruins que lhe aconteceram, como seu tumor e a morte de Alex. Talvez Ben nunca tenha sido o "escolhido" para defender a Ilha, mas sim o "escolhido" para receber e ajudar Locke.

Ben, Alpert, Abaddon surgiram nos momentos onde a fé de Locke estava desaparecendo. Um momento onde ele precisava ser estimulado a seguir seu caminho.

Não vimos Jacob, ou vimos!? Mas pela primeira vez Christian falou na Ilha. Claire não parecia ser ela mesma, algo diferente estava acontecendo ali. Mais uma vez Locke encontrou o que procurava em seus sonhos, agora com Horace Goodspeed - o matemático. Honestamente não me recordo se isso já estava escrito no jaleco dele em "The Man Behind the Courtain", mas ser matemático deve significar algo de importante para frente.

Aliás, quando Horace diz que está morto "há 12 anos" ele simplesmente nos dá o ano da Purgação: 1992! Isso porque estamos em 2004 na Ilha. Com isso ainda podemos dizer que Kelvin foi um dos últimos realmente selecionado pela DHARMA, enquanto Mikhail não participou mesmo da Purgação, já que ele chegou em 1993 e foi levado por Ben...

Ponto, mais um, para Hurley ao dividir seu Apollo com Ben. E o que exatamente Locke quis dizer com "mover a Ilha"!?

A tensão é enorme no cargueiro e vimos como o Doc Ray morreu. Aliás, a diferença de tempo é maior que 31 minutos. Ou melhor, a "percepção" é bem diferente. Mas é bom lembrar que os eventos desse episódio se passam ao mesmo tempo dos eventos do episódio passado...

Gault também morre, e fica a impressão de que ele não era tão malvado assim. Pelo menos deu tempo de ajudar Sayid a voltar para a Ilha. Desmond ficou para não perder a oportunidade de rever Penny.

E eles gostaram de terminar episódio com Lapidus saindo em alguma missão com o helicóptero e ficarmos sem saber o que vai acontecer. Mas Lapidus talvez tenha deixado o meio de sair da Ilha nas mãos de Jack ao entregar aquele comunicador.

No geral acho que foi um ótimo episódio. Não sou muito de acreditar em destino, mas ele existe em LOST. Então não dá para desprezar essa influência. Não sei, mas a frase de Hurley para Jack sobre "o céu" no episódio passado acaba me deixando encucado. Alguns na Ilha, como o próprio Alpert, já não estariam mortos!? Em uma idéia maluca, não que acredito que isso possa existir, a Ilha seria um ponto de intersecção entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos. O monstro e seu nome CERBERUS, assim como os sussurros estariam a um passo de serem explicados.

Na semana que vem já temos a parte 1 do Season Finale, "No Place Like Home". Mas até lá espero ler a opinião de vocês sobre o episódio e também nos detalhes que chegam no final de semana. Além, claro, de textos extras sobre o episódio que garanto pelo um na semana que vem...

Grande abraço, namastê e até logo!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats