quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Referências - "A Ilha Misteriosa" de Julio Verne

Uma das coisas que nós aqui do Blog Teorias LOST e da comunidade "Teorias LOST" no Orkut gostamos são as referências em LOST. Já trouxemos algumas coisas antes, mas esse material é legal pois foi enviado por uma amiga, leitora e agora colaboradora, Helena Teresa.

Eu estou lendo o livro de Julio Verne e, comentando com ela, combinamos que ela enviaria seus comentários sobre o livro e algumas relações com LOST. Então, sem mais demora, deixo o texto enviado pela Helena, contribuindo com o Teorias LOST.




"Os Mistérios de Outra Ilha"

O que Júlio Verne tem a ver com LOST? Aparentemente, nada. Mas uma das obras do famoso escritor francês pode ter servido de inspiração para a série americana. O título já é bem sugestivo: “A Ilha Misteriosa”, publicado em 1874, narra as aventuras e desventuras de um grupo de prisioneiros de guerra, foragidos da cidade americana de Richmond, Virgínia, em plena Guerra de Secessão.

Nossos heróis embarcam em um balão em março de 1865 e assim conseguem escapar da cidade cercada. Mas um furacão os arrasta bem longe, para as águas do Pacífico e, após livrarem-se do peso excessivo (inclusive todos os mantimentos!), conseguem chegar às areias acolhedoras de uma praia. Começa então uma série de acontecimentos misteriosos, como o sumiço do líder do grupo antes mesmo de o balão descer na praia, para ser encontrado dois dias depois, são e salvo sabe-se lá por quem ou o quê.

Esse líder, um engenheiro de nome Cyrus Smith, é uma espécie de MacGyver que consegue tirar até leite de pedra! Sob seu comando, os “aero-acidentados” exploram a ilha, descobrem uma grande variedade de animais – inclusive nossos queridos javalis -, fabricam tijolos para construir um abrigo, montam armadilhas de caça e conseguem até iniciar uma plantação de trigo a partir de um único grão encontrado na roupa de um deles. Exageros à parte, o tal Smith me lembrou muito o Locke da 1ª temporada, aquele camarada sábio e observador, que sempre tem uma lição a ensinar.

Outro aspecto que remete ao nosso seriado favorito é o fato de haver, na ilha (ah, no livro eles têm certeza de que estão numa ilha!), um misterioso benfeitor que se manifesta quando os castaways mais precisam, fornecendo inclusive um baú (lembrei das entregas aéreas da Dharma) cheio de ferramentas, armas, munições e instrumentos de navegação, e até uma caixa de quinino, cuidadosamente colocada numa das alas da caverna onde passam a morar, quando um dos personagens está muito doente.

Através dos instrumentos encontrados na caixa misteriosa, nossos heróis descobrem a localização da ilha, mas percebem que a mesma não consta dos mapas da época. Assim também percebem que estão relativamente perto de uma outra ilha, esta existente nas cartas geográficas, a Ilha Tabor. Eles constroem um barco e decidem ir explorá-la. Após três dias de viagem, aportam na outra ilha, onde encontram um único habitante, um prisioneiro nela exilado, cuja solidão acabou por transformar em um quase animal. O infeliz beirava a loucura (e o Desmond, como estava quando abriram a escotilha Cisne?), mas após algum tempo está socializado e integrado ao grupo original.

Ainda há a chegada de piratas para acabar com o sossego estabilizado na ilha, e neste ponto lembrei-me dos Outros, sempre aterrorizando os losties. Até o famoso cabo que vem do mato para a praia e entra para as profundezas do mar está na estória de Júlio Verne (olha aí a origem da Looking Glass!). Só não revelo o desfecho de tudo para não estragar o suspense de quem pretende ler o livro, excelente pedida para os apreciadores de estórias de ação e aventura.

Helena Teresa

*-*-*-*-*-*-

Esse livro realmente é ótimo e aconselho para quem gosta de ler. Eu comprei em um Sebo aqui em São Paulo, junto com "A volta do parafuso", por R$15!!!

Eu acrescento uma referência ao jogo LOST EXPERIENCE. No livro, eles encontram um oragotango e o chamam de Júpiter, abreviando depois para "Jup". No jogo, o orangotango do projeto LIFE EXTENSION se chama "Joop"...


É isso, se você também já leu algum dos livros referenciados em LOST, ou mesmo algum filme que traga algumas relações, enviem para o Teorias LOST (teoriaslost@hotmail.com) e seja também um colaborador do blog!!

Grande abraço e namastê!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats