quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

603 - "What Kate Does"

Depois da excelente Premiere com "LA X", confesso que eu (e muitos de vocês) esperava um pouco mais desse episódio. Principalmente por ser a temporada final, certo? Você que conhece o blog há um tempo sabe que sou um fã otimista e sempre tento perceber qual é a do episódio, principalmente quando ele parece não agradar aos fãs.

"What Kate Does" simplesmente nos trouxe de volta elementos que deverão ser necessários para o restante da temporada. Não deixa de ser um episódio "filler", aquele que arrasta um pouco mais as coisas, mas trouxe algumas coisas importantes.

A "doença" está volta!

Acompanho muitos blogs, sites e fóruns da série e faz tempo que não vejo ninguém comentar ou escrever uma teoria sobre a tão misteriosa "doença" que ouvimos de Rousseau ainda na 1ª temporada. Mesmo sem entender o que é, agora temos certeza que ela existe. Com isso temos agora a expectativa para saber o que vai acontecer com Sayid e a introdução para sabermos o que realmente aconteceu com Claire nos últimos 3 anos, que a fez retornar no melhor estilo "francesa solitária"...

Afinal, como se é "infectado"!?

O episódio também aumentou a expectativa em relação ao papel dos losties na Ilha. Achei bem interessante quando o "Other" Justin disse para Aldo (aquele da 3ª temporada que estava de vigia no prédio onde ficava a "Sala 23", que Karl estava preso) que "ele é um deles", em referência à Jin. Toda essa coisa de listas com os nomes dos losties e suas participações em momentos importantes da história da Ilha durante as viagens no tempo, vão render algo grande no final!

Apesar de me parecer no episódio passado que Jack continuava em sua caminhada para a "", agora já começo a duvidar se ele simplesmente aceitará as "coisas como elas são" apenas pela "fé". Alguém duvida que John Locke não tomaria o "remédio" sem fazer grandes perguntas!? Mas acredito que muitas pessoas também teriam um certo receio em aceitar as sugestões desse novo personagem bem interessante: Dogen!

E precisamos dar o parabéns para Josh Holloway. Mesmo com poucas cenas, consegue dar um show de interpretação. Em um episódio onde Michael Emerson e Terry O'Quinn estiveram ausentes, precisava de alguém para uma grande cena como aquela que vimos no píer...

No "universo paralelo", ou como os produtores nomearam "flash-sideways", continuamos vendo que as coisas seguem um caminho, independente do cenário ou de algumas escolhas. O final do caminho parece ser sempre o mesmo. Assim como na Ilha, Kate ajudou Claire com Aaron. O fato curioso foi revermos Ethan Goodspeed Rom como médico e mais uma vez "tratando" Claire. Se você não entendeu o porque do "Dr. Goodspeed", é só lembrar que Ethan é filho de Amy e Horace Goodspeed! E o universo parece conspirar mesmo para que Claire tome conta de Aaron, como tinha previsto o vidente Richard Malkin. A grande questão para mim ainda é saber se essas "duas linhas" vão se conectar em algum ponto ou pelo menos ter alguma influência em relação a outra!


Então, apesar de estar abaixo da minha expectativa média para essa temporada, foi um bom episódio que trouxe de volta antigos mistérios e prepara o terreno para novas respostas.

Mas o próximo episódio promete...

Não deixe de participar nos comentários e votar na enquete dando a sua nota para "What Kate Does". E fiquem ligados no blog para saber ainda mais sobre o episódio com os Detalhes, Melhores Cenas, LOST Untangled, Mistérios e Respostas, Debates e mais...

Grande abraço e namastê!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats