domingo, 20 de dezembro de 2009

Ó, a gente nem notou, Bender


Foto: reprodução

Sabe como é, quando Lost está para chegar, nem entro no blog, nem leio nada relacionado a série. Não quero saber de spoiler algum.

Mas não resisti a Jack Bender na Folha de São Paulo dizendo o óbvio pra gente, minha gente :) Que o personagem de Rodrigo Santoro não emplacou. Tipo, nem lembrava que o Santorão um dia pertenceu a Lost, mas o Bender me vem com a Inês morta e fica desenterrando do mico nacional do banheiro, cena digna!

Tá certo que ele teve a delicadeza de dizer que Santorão é um grande ator, mas que o seu personagem, err, escrito por ele e o Cuse, não empolgou a audiência. Bacana! Mas quase no fim do depoimento, lá vem ele com essa pérola. Saca só: "Os telespectadores não compraram a ideia de que eles estivessem na praia há três anos fazendo sexo ou qualquer coisa e, de repente, aparecessem do nada. Além disso, eram pessoas superficiais, um problema que veio do roteiro e se agravou com a escolha de dois atores lindos e gostosos". Precisava?

Eu acho que o que está morto deveria continuar enterrado! Menos Locke, claro.

Taí a primeira aparição de Paulo em Lost. Não achei a clássica cena do banheiro. Mas essa tem aquele diálogo maneiro que todos vão lembrar, até porque é super curto! Enjoy! :)

(Fãs do "pra Frente Brasil", post apenas e somente de brincadeira, à partir da entrevista de Jack Bender, sem baixaria, please)

A Leitura completa da entrevista de Bender a Folha, aqui (somente para assinantes)




Danielle M

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats