quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Review LOST - 112 "Whatever The Case May Be"

O Episódio: Temos mais um episódio de Kate, só que agora começamos a conhecer mais a fugitiva e do que ela é capaz. Principalmente sua capacidade de persuadir as pessoas para conseguir aquilo que quer, não importando as consequências.

Ao mesmo tempo que vemos como ela usou um "namorado" para assaltar um banco e recuperar "apenas" um avião de brinquedo (que descobrimos mais tarde qual era o valor...), ela usa Jack e Sawyer para conseguir o mesmo objeto na Ilha. Dessa forma, abala a confiança de Jack, mas consegue atingir seu objetivo e fica com o brinquedinho...

É nesse episódio que conhecemos a cachoeira, um dos lugares mais bacanas da Ilha e que também escondia os diamantes de Paulo e Nikki... Locke e Boone começam a trabalhar para descobrir o que é a escotilha... E Sayid e Shannon tentam decifrar os mapas de Danielle Rousseau, cheios de equações e textos em francês...

O Grande Mistério: os mapas de Rousseau talvez sejam o grande ponto de interrogação nesse episódio, apesar de que não trouxeram grandes revelações no futuro da série. O grande mistério estava ainda escondido entre as equações e letras de música: os Numbers!!

Frases do episódio:

"Se você conseguir arrombar essa mala, te pego nas minhas costas e saio voando dessa Ilha para Los Angeles." (Michael)

"Eu só quero satisfazer minha curiosidade." (Sawyer)

"Eu quero a verdade, Kate." (Jack)

"Era do homem que eu amei. Era do homem que eu matei." (Kate)


O Promo:


Imagens do Episódios:

Fonte das imagens: LOST-Media

Curiosidades:

- "La Mer" é o título da música que Shannon canta no final do episódio e que estava nas anotações de Rousseau;

- A cena de Michael e Hurley tirando um sarro de Sawyer que queria arrombar um mala Halliburton é excelente!

- E ainda com a mala, Sawyer tentando abrir na pancada foi hilário!

- O número do cofre que Kate queria no banco é o mesmo do voo da Oceanic: 815;


Esse episódio não teve algo assim que chamasse atenção a ponto de deixar uma pergunta para nosso debate. Isso quer dizer que podemos debater sobre o que quiser... Na verdade, esse episódio deu início a imagem que sempre tive de Kate, que sempre quis levar vantagem e se apoia e usa as pessoas quando lhe convém. Sei que muita gente não acha isso, mas essa é a impressão que tenho dela... Ainda hoje!

E continue ligado no Review LOST do Teorias!

Grande abraço e namastê!

Leco Leite

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats