segunda-feira, 16 de junho de 2008

Opinião? Também tenho uma!

Oi! Também darei meu pitaco via escrita (sobre a SF, ouvir o podcast, por favor)

Na comunidade do Orkut já discutíamos diversos aspectos de Lost, o que eu mais gosto e fico viajando são as correntes filosóficas, apesar de alguns separarem Ciência e Filosofia, o que discordo, considero indissociáveis; qualquer teoria científica surgiu à partir de uma concepção filosófica e , as mais elementares para nós, como o conceito do átomo, só foi possível graças aos pesos pesados da "ciência ou epistemologia do conhecimento" , ou seja, da Filosofia.

Mais frente postarei uma ambiciosa, egocêntrica e pedante analogia entre Lost e a Filosofia :) Brincadeira, apenas algumas observações sobre o quão possível é qualquer análise em Lost, basta ter boa vontade, criatividade e paciência para delirar.

Mas por agora, vamos aos fatos [/pushing daisies]


-No geral, qual a sua avaliação dessa 4ª temporada!? Foi a melhor de todas!?

Não, certamente não foi. Em minha opinião, até agora nada supera a 1a . Acho que esta temporada pode ser resumida da seguinte forma: "ganhamos vários jogos, mas não levamos o campeonato". Analogias futebolísticas à parte, apesar de não ser a minha favorita, teve bons momentos e, de longe, supera a 2a temporada, que considero a mais fraca. Além do mais, eles responderam bastante coisa. Isto é inegável. Para o bem ou para o mal, Lost deu suas respostas, fechou questões, aparou arestas e deu mais material, claro.

-Qual a maior revelação para você nessa temporada!?

O morto no caixão. Considero um desfecho surpreendente, apesar de alguns fãs já apostarem nisso. Acho que envolve grandes riscos "matar" este personagem, Locke é , junto a Ben Linus, o mais complexo.

- Qual o momento mais surpreendente!?

Além do caixão, gostei da identidade dos Six, o fato de mais gente ter saido da ilha, e todos os seus desdobramentos dramáticos. A "nova profissão" de Sayid, a loucura de Hurley, Aaron e Kate, Sun e sua filha e Jack e sua perda de identidade, sim, pq Jack só era Jack, na ilha.

-
Qual personagem se destacou mais nessa temporada!?

Mais uma temporada no qual Ben Linus coloca todo o elenco de Lost no bolso. No entanto, ele não brilhou sozinho, como Lost é a cultura do eterno retorno, a própria teoria do caos, vimos mais vez o resgate da personalidade messiânica de Locke. Também destaco um aprofundamento em Sawyer. Conseguimos cada vez mais entender e "compactuar" com as suas motivações. Talvez seja o personagem que mais evoluiu na série. A família Widmore também merece menção honrosa. E Desmond sempre segura muito bem seus episódios.

- Qual caminho você acredita que a 5ª temporada vai tomar!?

Acho que o caminho que os produtores optaram com este desfecho é perigoso e pode ser tortuoso. Até porque não houve, em minha opinião, um cliffhanger. O mais "óbvio" seria concentrar a história no retorno à ilha. Nas armações de Linus e, principalmente, quem irá voltar. Todos os six? Walt? Desmond e Pen? E Faraday com a figuração no bote? Espero que Jacob também mostre sua verdadeira face. Para onde a ilha foi também é interessante e, claro, não podemos esquecer dos losties. O que farão sem Jack?


Danielle M

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats