quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Como LOST mudou a sua vida?

Esses dias, conversando com um primo enquanto voltávamos de um de nossos compromissos pessoais, percebi o quanto Lost havia mudado minha vida, seja na minha forma de pensar e na forma de enfrentar ou encarar o mundo ou, até mesmo, entender muitos dos acontecimentos do mundo. O que eu quero dizer? Lost (alguns não percebem) muda, quase que em todos os fãs, nossas perspectivas de vida. Para comçear esse post, vou citar o que ele disse e o meu comentário.

"Olha como as coisas são, se eu continuasse estudando "naquele" colégio e deixasse de me matricular em outro bairro, minha vida teria sido completamente diferente, eu não teria conhecido os amigos que tenho hoje e nem muito menos namorado as meninas que namorei, ou aprendido o que aprendi" disse ele. Nesse exato momento, percebi o quanto eu tinha aprendido em Lost, respondi pra ele: "A vida que você teria se não tivesse mudado nunca existiu, o seu destino sempre foi ter mudado e encontrado as pessoas que encontrou, digamos que sempre esteve escrito aquela curva, nada deu certo ou errado, você era para estar lá". Eu, absolutamente, não teria tido essa resposta na ponta da língua se não fosse John Locke, de Lost.

Eu, particularmente, confesso que em muitas vezes não coloquei muita fé em relacionamentos que tive por achar e insistir que eu não estava à altura daquela pessoa, assim como aconteceu com Desmond e Penelope, que acabou fazendo com que ele parasse na ilha. Lost é uma série de ficção que mudou a vida de muitas pessoas, o que eu sempre penso é que, por causa dela, também, conheci pessoas super inteligentes e amizades que jamais serão esquecidas, comecei a ler como nunca antes e prestar atenção nos mínimos detalhes, vale até falar, aprendi a expressar meus comentários e minhas conclusões.

Lost passa a história de pessoas muito diferentes de diferentes partes do mundo com problemas que muito de nós passamos na vida real. São milhares de filhos de pais separados; são milhares de mães solteiras que, em muitos casos, não querem o filho; milhares de pessoas que, querendo ou não, acabam se tornando líderes dos grupos dos quais fazem parte. Seja no conceito mistério, filosófico, religioso ou científico: Lost, de alguma forma, mudou a sua vida?

Por Daniel Vaz

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

.

 
who"s online

counter hit make

PageRank Free counter and web stats